Diferenças Fundamentais Entre Aterros e Lixões

Pode não parecer, mas infelizmente ainda existe muita confusão sobre o conceito de lixão e o de aterro sanitário, que são coisas diferentes desde sua essência a seus reflexos no meio ambiente.

No blog do nosso projeto de comunicação social, nós já abordamos algumas diferenças entre aterros e lixões e buscamos, sempre que possível, divulgá-las em nossos canais de comunicação.

Por isso ficamos muito felizes em ver um artigo da professora e consultora Gabriela Almeida Consultoria, no site do G1 Globo, evidenciando que um aterro sanitário não é um lixão.

Os lixões são desprovidos de cuidados técnicos, normalmente são terrenos baldios onde se é despejado o lixo sem tratamento algum. E isso traz inúmeras consequências negativas ao meio ambiente (solo, ar, água, etc) e às pessoas que vivem nas redondezas (doenças, animais vetores, etc).

Já os aterros sanitários são pensados e construídos para oferecer todo um aparato de tratamento do lixo para diminuir ao máximo todos estes impactos socioambientais. Além de todos os monitoramentos realizados frequentemente e licenciamentos ambientais necessários para a operação, um conjunto que traz ainda mais segurança.

Sugerimos a leitura do artigo da Gabriela e toda e qualquer outra leitura que possa elucidar ainda mais o tema: https://g1.globo.com/se/sergipe/especial-publicitario/gabriela-almeida-consultoria/especialista-ambiental-explica/noticia/2021/03/22/aterro-sanitario-nao-e-lixao.ghtml

Leave a reply