Plano Nacional de Resíduos Sólidos e Certificado de Crédito de Reciclagem

Recentemente o governo federal anunciou o tão aguardado Plano Nacional de Resíduos Sólidos, previsto na Política Nacional de Resíduos Sólidos do governo federal, criada pela Lei 12.305/2010. Nós da Metropolitana vimos com bons olhos o que foi anunciado e gostaríamos de destacar aqui algumas mudanças positivas.

A primeira e, talvez mais importantes, é o encerramento de todos os lixões no país até 2024, algo que já é previsto em lei há anos, porém uma realidade ainda distante. Falamos frequentemente aqui do quão prejudiciais são os lixões para o meio-ambiente e a sociedade em si. Esperamos que com o Plano Nacional haja políticas concretas para substituir os lixões por opções mais modernas e adequadas de gestão de resíduos.

Outro destaque vai para o CCR – Certificado de Crédito de Reciclagem, que acompanha o objetivo de recuperar/reciclar 50% dos resíduos produzidos em 20 anos. Nos dias atuais, apenas 2,2% do lixo urbano é reciclado, daí o papel importante do CCR, estimulando investimentos privados na reciclagem. O Certificado irá permitir que cooperativas, consórcios e outros agentes que atuam na reciclagem gerem créditos quando reciclarem, créditos estes que podem ser “vendidos” posteriormente para empresas que estão regularizando suas normativas referentes à logística reversa.

Além disso, o plano também almeja aumentar a reciclagem na área da construção civil para 25%, outro fator que traz consequências positivas para o meio-ambiente e para a economia do país.

Desejamos intensamente que esse plano se converta em ações e mude a realidade de nosso país a partir de agora. Para complementar a leitura, sugerimos o vídeo abaixo de matéria exibida na Globo: clique aqui ou na imagem abaixo.

Leave a reply